Os 7 principais mitos sobre o GMAT

test-986769_1280_0

O GMAT (Graduate Management Admission Test), prova de admissão exigida pela maior parte das escolas de negócios nos Estados Unidos e na Europa, é visto muitas vezes como um grande pesadelo para aqueles que tem interesse em fazer um MBA no exterior. No entanto, existem muitos mitos com relação ao teste, desde estratégias incorretas sobre como responder as questões até informações equivocadas sobre a própria estrutura da prova. Os meses antes da data do exame são valiosos, já que o tempo é muitas vezes um recurso valioso, portanto confira alguns dos principais mitos sobre o GMAT e saiba como melhor se preparar para ter ótimos resultados.

1. Um mês é o suficiente para se preparar para o GMAT

Dependendo do quão alta você quer que seja a sua nota, mais tempo você precisará utilizar para estudar. Um mês é muito pouco tempo. Em média, pessoas que tiraram notas iguais ou maiores a 700, dedicaram 200 horas de estudo, ou mais, divididas em um período de quatro a seis meses. O teste requer, no mínimo, de 120 a 150 horas de preparação, em um período de dois a três meses. O GMAT é um teste que demanda paciência nos estudos para que se possa ver progresso.

A prova permanece um requisito para quem pretende entrar em uma escola de negócios, já que mede a performance dos alunos em condições que simulam desafios que encontrarão na vida real. Manter o foco e a concentração, utilizar lógica e tomar decisões sob pressão são habilidades que são cruciais para a área de negócios. A lição principal que queremos passar é: melhor se preparar com antecedência e conseguir dividir as horas de estudo por um período mais longo.

2. O GMAT é somente um teste de inteligência

O GMAT não avalia apenas a inteligência, mas também a aptidão para identificar padrões em situações previsíveis. Se preparar para o GMAT como se fosse um teste de QI não vai te ajudar a conseguir bons resultados. É preciso dedicar meses para praticar e mais do que apenas algumas horas, já que o teste mede seu pensamento crítico e analítico. Dedicação é uma das chaves para se dar bem no GMAT, ao invés de somente contar com sua capacidade intelectual.

3. É preciso ir bem nas 10 primeiras questões

Existe um mito de que o seu sucesso no GMAT será garantido se você for bem nas 10 primeiras questões. Existe até um pouco de verdade, já que antes da década de 90, um algoritmo demonstrava a importância do resultado nas 10 primeiras questões para o resultado total na prova. No entanto, hoje em dia com o teste online, isso não é mais verdade. Basicamente, tente acertar o máximo de perguntas possíveis sem perder muito tempo e saiba que as melhores notas no GMAT vem de pessoas que tiveram erros distribuídos por todo o exame, ao invés de concentrados em uma área específica.

4. O GMAT é um teste de matemática

O GMAT possui perguntas sobre diversas disciplinas, sendo uma delas a matemática. O objetivo da seção quantitativa da prova é avaliar o pensamento crítico e analítico. Você precisará utilizar matemática muito simples e aplicar conceitos básicos. Pense na seção de matemática como as outras seções da prova, apenas substituindo palavras por números.

5. Todas as questões devem ser respondidas, independentemente da dificuldade

Um dos pontos mais importantes da prova é saber manejar o tempo e muitas pessoas perdem um tempo valioso focando em questões mais difíceis no início do exame sendo que, mesmo que respondam de forma correta, poderão prejudicar sua nota geral por possivelmente não terem tempo de responder as perguntas restantes. Ao testar suas habilidades na área de negócios, o GMAT quer saber como você gerencia o seu tempo, quais são suas prioridades e o que você pode deixar para fazer depois. É importante saber reconhecer quais perguntas você deve pular, adivinhar e quais você deve se dedicar a completar.

6. O GMAT é um teste de negócios

O GMAT não é um teste de negócios e não requer conhecimentos ou conceitos sobre essa área ou que vão além do que é aprendido no ensino médio. No entanto, isso significa que é preciso prestar muita atenção aos detalhes. Veja o GMAT como uma série de enigmas e quebra-cabeças, em que as questões tem como objetivo fazer o seu cérebro trabalhar, indo desde perguntas analítica e pensamento crítico, até extrair e analisar dados. Não é preciso estudar teorias e modelos de negócios avançados antes da prova. Ao invés, se familiarize com fórmulas primárias e se mantenha flexível com relação à forma com que você as utiliza dependendo do contexto de cada questão.

7. Apenas saber os tópicos é o suficiente

Os responsáveis por desenvolver a prova tem a difícil tarefa de identificar os melhores em meio a um grupo de pessoas com um alto grau de instrução, portanto existe uma grande pressão para produzir perguntas com um alto nível de dificuldade. Tentar se familiarizar com possíveis tópicos para as perguntas não é uma boa estratégia, já que os responsáveis pelo GMAT fazem o possível para sempre mudar as perguntas, aumentando o nível de dificuldade da prova (como, por exemplo, utilizar formatos alternativos de pergunta, apresentar informações de um forma não tão clara, entre outros). Se dedicar bastante e de forma consistente é a melhor estratégia para garantir que você irá alcançar uma nota alta, ao invés de tentar utilizar atalhos e memorizar dezenas de tópicos.

Se certifique de estar entrando em sua jornada para o GMAT com o pé direito, evitando alguns dos mitos mais comuns que apresentamos e fique na frente da competição ao dedicar seu tempo para estudar e exercitar suas habilidades críticas e analíticas. A preparação para o GMAT se assemelha muito com a preparação para uma entrevista de emprego: você se sentirá menos ansioso e precisará de menos tempo para responder perguntas complicadas se tiver se preparado bem.

Se você está em busca de um MBA no exterior e está se preparando para fazer o GMAT, não deixe de participar da QS World MBA Tour em São Paulo. Você poderá falar diretamente com diretores de admissão das melhores escolas de negócios internacionais, além de assistir a uma palestra oficial e gratuita sobre o GMAT com dicas para que você tenha um ótimo desempenho.

Registre-se gratuitamente e garanta hoje a sua vaga!

QS World MBA Tour São Paulo

Data: 6 de fevereiro de 2018
Local: Hotel InterContinental – Alameda Santos, 1123
Inscreva-se aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s