#teachersmatter: enquanto Paraná trata professores com violência, empresário de Dubai premia docentes com 1 milhão de dólares

Há exatamente 2 semanas uma guerra entre professores e policiais a mando governamental foi notícia em todo o Brasil. De um lado, mestres com anos de trabalho, muitos idosos, sem armas, marchavam pela defesa de sua aposentadoria. Do outro, policiais, usando bombas de gás lacrimôgeneo, balas de borrachas miradas diretamente nos manifestantes e cães pitbulll prontos para atacar aqueles que, um dia, serviram para ensinar também a eles conhecimentos básicos do mundo.

As imagens daquele cenário foram tristes. De uma hora para outra, um estado que mal é falado nos noticiários de TV, tornou-se o centro das atenções por suas cenas de horror.

Foto da Prefeitura de Curitiba, que montou um ambulatório no local para atender mais de 200 feridos, como a  professora idosa da foto.

Foto da Prefeitura de Curitiba, que montou um ambulatório no local para atender mais de 200 feridos, como a professora idosa da foto.

As declarações oficiais vieram cheias de justificativas, como se fosse possível justificar o uso da violência contra uma categoria pacífica e já bastante sofrida em nosso país. Foi somente depois de se darem conta da repercussão dos fatos, que os responsáveis por aquela violência começaram o jogo de culpar uns aos outros.

Como resultado, deixaram seus cargos o secretário de educação, o secretário de segurança pública e o comandante da PM paranaenses. O governador do estado, Beto Richa, veio a seu Facebook falar que estava sofrendo pelo ocorrido. Mas quem mais sofreu com todo o ocorrido foi a população, novamente, por saber que a categoria que recebe o respeito em tantos outros países e governos do mundo, é tão deixada de lado em um país como o Brasil, e tão desrespeitada em um estado como o Paraná.

Além do prêmio, organização tenta fazer com que pessoas se mobilizem em ações para celebrar professores

Além do prêmio, organização tenta fazer com que pessoas se mobilizem em ações para celebrar professores

Devolvendo o orgulho aos professores e reconhecendo-os com 1 milhão de dólares

Mas nem tudo está perdido no campo educacional. Além de diversos países ainda terem seus professores em alta consideração, prêmios como o Global Teacher Prize ajudam a elevar e a reconhecer esta profissão tão importante para suas sociedades.

O prêmio, criado no ano passado (2014), visa justamente elevar o valor da profissão do professor, para que as crianças comecem a sonhar em tornarem-se o “melhor mestre” do mundo. O intuito é celebrar os melhores professores, aqueles que inspiram seus estudantes e a comunidade. A ideia é que ele seja equivalente a um Prêmio Nobel mas na categoria de educação.

Professora Vencedora faz parte da campanha "Por quê professores são importantes".

Professora Vencedora do Prêmio 2014 faz parte da campanha “Por quê professores são importantes”.

Com o apoio do sheik de Dubai Mohammed bin Rashid Al Maktoun, vice-presidente do Emirados Árabes, o prêmio Global Teacher Prize foi criado e é financiado pelo empresário indiano Sunny Varkey, diretor da GEMS Education, que administra escolas públicas e privadas em 14 países. Varkey, que é filho de professores imigrantes no Emirados Árabes, diz que seu maior objetivo é recuperar o status e reconhecimento que a docência já teve e de dar um pouco de glamour à profissão.

O empresário diz também ficar irritado ao ver as celebridades de reality shows terem mais espaço nos meios de comunicação do que pessoas que realmente influenciam vidas, como os professores. Por isso, na primeira edição do prêmio, atribuiu à professora americana Nancie Atwell o valor de 1 milhão de dólares em dinheiro por seu trabalho de mais de 40 anos como professora de literatura na pacata cidade de Edgecomb, no estado de Maine.

74 - Sunny Varkey

“A docência é a profissão mais importante do mundo e deve ser respeitada como tal”, defende Varkey, que teve que ir contra uma série de pessoas lhe aconselhando que a criação do prêmio era uma ideia terrivel

Inscrições abertas para Global Teachers Prize 2015

Para o ano que vem, o prêmio de 1 milhão de dólares será repetido e as inscrições serão abertas a partir do fim de maio. A data das candidaturas vai até o dia 10 de outubro e o vencedor será anunciado no Forum Global Education and Skills em março do ano que vem (2016) em Dubai. Fique atento pela página do prêmio: http://www.globalteacherprize.org/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s